GWM Haval H6 GT x BYD Song Plus DM-i | Qual é o melhor SUV híbrido chinês?

Tempo de leitura: 14 minutos


Os carros chineses estão chegando com tudo ao mercado brasileiro e já começaram a aparecer com destaque nos rankings de híbridos e elétricos mais vendidos do país. Dois deles, o GWM Haval H6 GT e o BYD Song Plus DM-i, vêm brigando pelo topo da lista de mais emplacados no segmento de SUVs híbridos.

Se você está de olho em um dos dois modelos, mas ainda não se decidiu sobre qual comprar, o Canaltech vai te ajudar. Após passar um tempo com a versão GT do GWM Haval H6, topo de linha da família, e com o BYD Song Plus DM-i, que no Brasil é vendido em versão única, vamos mostrar qual é o melhor SUV híbrido chinês do Brasil.

GWM Haval H6 GT ou BYD Song Plus DM-i: qual o melhor SUV híbrido chinês? (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)

Os rivais vão duelar em 9 “rounds” e, no final, o que obtiver a maior pontuação geral será o vencedor. Para cada um dos quesitos, serão dados 3 pontos ao SUV vitorioso (e 3 para cada em caso de empate), 2 para o segundo colocado com pouca desvantagem e, finalmente, 1 ponto para os casos em que a diferença entre eles for muito grande no assunto em disputa.


Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/

Os 9 pontos a serem avaliados serão os seguintes:

  1. Design
  2. Acabamento
  3. Conforto
  4. Dirigibilidade
  5. Autonomia
  6. Desempenho
  7. Conectividade e Tecnologia
  8. Segurança
  9. Custo-Benefício
Ambos os SUVs têm grade estilo colmeia. Qual sua favorita? (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)

9. Design

O julgamento do quesito design é bastante subjetivo, pois depende, literalmente, dos olhos do observador. Incumbida da difícil missão, a reportagem do Canaltech separou pontos importantes a respeito do primeiro “round” antes de declarar o vencedor.

No caso do GWM Haval H6 GT, a primeira olhada é suficiente para ver a pegada esportiva do SUV, que conta com uma grade colmeia um pouco diferente da versão Premium, além de um para-choque com entradas de ar mais largas na frente.

A traseira também é invocada, com dois aerofólios e duas saídas de ar bem grandes, que combinam com o caimento do teto, ao melhor estilo coupé, a partir da coluna C, os pneus Michelin 235/55 que calçam as rodas aro 19 e os muitos apliques simulando fibra de carbono.

Saídas de ar do GWM Haval H6 não deixam dúvidas sobre a esportividade do SUV híbrido (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

O BYD Song Plus DM-i, por sua vez, não tem pretensão de passar a imagem de um modelo esportivo, mas, nem por isso, deixa de ter um design elogiável. O SUV tem no conjunto óptico, formado por faróis full-LED com projetores, um diferencial em relação aos principais concorrentes do segmento.

Na parte traseira, a frase Build Your Dreams (Construa seus Sonhos, na tradução), grafada por extenso na tampa do porta-malas, não agrada a alguns clientes, mas deixa claro o sonho da marca em se fortalecer como uma das principais do segmento no Brasil.

BYD Song Plus DM-i não tem tanta pegada esportiva, mas, nem por isso, deixa a desejar (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
  1. GWM Haval H6 GT: 3 pontos
  2. BYD Song Plus DM-i: 2 pontos

8. Acabamento

O segundo ponto da disputa entre o GWM Haval H6 GT e o BYD Song Plus DM-i diz respeito ao acabamento. E, nesse quesito, apesar de ambos terem muito mais pontos positivos do que negativos, a vitória vai para o SUV híbrido da BYD.

O modelo oferece bancos confortáveis em couro, com tons em preto e branco com costura laranja, painéis, portas e volante com acabamento premium e macio ao toque. Tudo com encaixe perfeito, sem rebarbas aparentes, para deixar o habitáculo digno de um modelo premium.

O GWM Haval H6 GT, por sua vez, apesar de também ter material de boa qualidade nos bancos e o painel totalmente emborrachado, apostou em um visual minimalista, até por conta da “veia esportiva”.

Acabamento do GWM Haval H6 GT é bom, mas mais minimalista que o do rival (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)
  1. BYD Song Plus DM-i: 3 pontos
  2. GWM Haval H6 GT: 2 pontos

7. Conforto

Conforto e acabamento andam de mãos dadas na maioria dos carros e, no caso dos protagonistas do duelo entre GWM Haval H6 GT e BYD Song Plus DM-i a história não foi diferente.

No caso do SUV híbrido chinês da GWM, não há o que reclamar. O Haval H6 GT tem entre-eixos de 2.738 mm e piso plano na parte traseira, combinação ideal para acomodar até 5 ocupantes, sem aperto.

O modelo híbrido da BYD é tão confortável quanto o GWM Haval H6 para quem vai à frente e espaçoso no banco traseiro, tem volante com boa pegada e ótima posição para dirigir, sem cansar o motorista por mais longa que seja a viagem.

Por conta disso, esse critério termina empatado.

Ambos os SUVs híbridos chineses oferecem muito conforto aos ocupantes (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)
  1. GWM Haval H6 GT: 3 pontos
  2. BYD Song Plus DM-i: 3 pontos

6. Dirigibilidade

Em termos de dirigibilidade, o Haval H6 GT não repetiu o desempenho mostrado nas pistas, e acabou deixando um pouco a desejar no uso diário, especialmente nas curvas um pouco mais rápidas, como já explicamos em nosso review completo.

O BYD Song Plus DM-i, por sua vez, mostrou ser extremamente agradável de conduzir, graças ao bom acerto de volante e suspensão da montadora chinesa, especialmente preparado para as ruas e avenidas brasileiras.

SUV da BYD se mostrou mais adaptado às “buraqueiras” das ruas brasileiras (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)
  1. BYD Song Plus DM-i: 3 pontos
  2. GWM Haval H6 GT: 2 pontos

5. Autonomia

A autonomia foi um ponto alto em nosso contato com os dois SUVs híbridos chineses desse duelo. Tanto o GWM Haval H6 GT quanto o BYD Song Plus DM-i apresentaram médias de consumo extraordinárias e, portanto, se mostraram altamente eficientes no que diz respeito à energia gasta.

O exigente padrão do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBEV) do Inmetro aponta que o modelo da GWM é capaz de fazer, em média, 18,2 km/l na estrada e 24,7 km/l na cidade. Comigo ao volante, registrou 23,8 km/l no combinado cidade/estrada.

Os números do órgão para o representante da BYD mostram que o Song Plus pode rodar, em média, 28,1 km/l (estrada) e 34,8 km/l (cidade). Nos testes com a reportagem, bateu na casa dos 30 km/l.

Alcance por carga do BYD Song Plus DM-i foi superior ao do GWM Haval H6 GT (Imagem: Divulgação/BYD)

Os registros de ambos podem ser considerados excelentes, mas o resultado do round, então, favorece ao SUV da BYD, pois não dá para lutar contra os números, nesse caso, bem melhores.

Vale registrar, porém, que no alcance exclusivamente elétrico, a vantagem é do modelo da GWM. O Haval H6 GT pode rodar até 170 quilômetros sem precisar usar gasolina, graças à bateria de 34 kWh, enquanto o Song Plus, por conta da bateria de apenas 8,3 kWh, não passa de 47 km por ciclo, segundo os números oficiais.

  1. BYD Song Plus DMi: 3 pontos
  2. GWM Haval H6 GT: 2 pontos

4. Desempenho

O round dedicado ao desempenho é o que podemos definir como “briga boa”. Ao analisar pura e friamente os números, não há dúvidas de que o SUV da GWM leva vantagem sobre o rival, pois tem 393cv de potência e 77,7 kgf/m de torque, contra 235cv de potência e 32,2 kgf/m de torque do rival da BYD.

A diferença em relação ao que o Haval H6 GT entrega nessa briga fica mais clara não apenas pelo 0 a 100 km/h mais eficiente (4,8 segundos x 8,5 segundos do Song), mas também pelo modo como a potência e o torque do conjunto mecânico superam a entrega do rival.

O powertrain do GWM Haval H6 GT é formado por um motor 1.5 turbo a combustão e outros dois elétricos, enquanto o do Song Plus DM-i tem a combinação do motor 1.5 aspirado, de 110 cavalos, com o propulsor elétrico de 179 cavalos.

Em termos de desempenho, SUV híbrido da GWM deu um “pau” no rival da BYD (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
  1. GWM Haval H6 GT: 3 pontos
  2. BYD Song Plus DM-i: 1 pontos

3. Conectividade e Tecnologia

Chegamos ao antepenúltimo round da briga para saber qual o melhor SUV híbrido chinês, e o assunto em pauta é Conectividade e Tecnologia. A briga, que foi acirrada nos primeiros 6 assaltos, também é equilibrada nesse quesito.

De um lado, o GWM Haval H6 GT demonstrou falhas apenas no sistema de som, que conta com um subwoofer da JBL, mas alto-falantes “non-branded”. Isso, porém, ficou em segundo plano no quadro geral voltado para conectividade e tecnologia.

Todas as versões da família, desde a Premium HEV, que também já experimentamos, contam com excelentes recursos, desde os mais simples, como alerta de ponto cego e assistente de permanência em faixa, até os mais complexos.

Central multimídia do Song Plus (à esq.) e do Haval H6 GT têm ótimas resoluções (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)

O SUV da GWM também oferece GPS nativo, espelhamento sem fio com Android Auto e Apple CarPlay, sistema de reconhecimento de placas, que diferencia o tipo de veículo que está à sua frente, alerta de perigo em abertura de portas, frenagem automática de tráfego cruzado e muito mais.

O BYD Song Plus DM-i também não faz feio no assunto em questão. Além da excelente central multimídia de 12,8 polegadas que gira ao toque de um botão (na própria tela ou no volante multifuncional), o modelo também conta com inteligência artificial avançada, que atende a comandos básicos em português. Basta falar “Hei, BYD” e pedir para aumentar ou diminuir o som, abrir ou fechar o teto solar, ajustar a temperatura do ar-condicionado e muito mais. Empate no round.

  1. GWM Haval H6 GT: 3 pontos
  2. BYD Song Plus DM-i: 3 pontos

2. Segurança

Chegamos ao penúltimo assalto do duelo que definirá qual o melhor SUV híbrido chinês à venda no Brasil e, nele, falaremos sobre um dos assuntos mais importantes para quem busca por um carro na faixa dos R$ 300 mil: a segurança.

Ambos os SUVs envolvidos na disputa estão bem cobertos nessa área. A versão mais completa da linha Haval da GWM tem bons recursos no pacote ADAS (Advanced Driver Assistance System) nível 2+, tais como: Auto Reverse Assistance, ACC com Stop & Go e Full Parking Assist, que se provaram úteis para o uso em tarefas simples do dia-a-dia, como estacionar em vagas apertadas ou, simplesmente, fazer uma baliza perfeita.

O BYD Song Plus DM-i, por sua vez, tem em seu extenso pacote câmera 360º, muito útil em manobras, uma assistente virtual inteligente, que avisa, por voz, se alguém no carro estiver sem cinto de segurança, farol alto automático, que liga e desliga de acordo com a luminosidade da via e a presença de outros carros na frente e muito mais. Tudo com atualização remota OTA (over-the-air) de série.

Tanto o Song Plus (à esquerda) quanto o Haval H6 GT têm câmera 360º e central com ótima resolução de imagem (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)

Por tudo isso que ambos oferecem, o penúltimo round só poderia terminar empatado.

  1. GWM Haval H6 GT: 3 pontos
  2. BYD Song Plus DM-i: 3 pontos

1. Custo-benefício

Para analisarmos o round final dessa acirrada disputa, vamos começar pelo preço. O GWM Haval H6 GT é mais caro que o BYD Song Plus DM-i, como já era esperado, pois trata-se de um modelo esportivo.

Ele custa, atualmente, R$ 315 mil, contra R$ 229,9 mil do rival, principalmente por conta das especificações mais robustas em termos de motorização, que dão a ele um melhor desempenho.

Isso significa que tanto o SUV da GWM quanto o da BYD entregam o que quem busca por design e eficiência energética buscam em um modelo híbrido. A diferença mais gritante está na potência, algo que não é fundamental para alguns consumidores.

  1. BYD Song Plus DMi: 3 pontos
  2. GWM Haval H6 GT: 2 pontos
BYD Song Plus DM-i venceu GWM Haval H6 GT por apenas 1 ponto de diferença (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)

Qual é o melhor chinês?

  1. BYD Song Plus DMi: 24
  2. GWM Haval H6 GT: 23

O BYD Song Plus venceu 4 rounds contra 2 do GWM Haval H6, e ainda foram registrados 3 empates no duelo. O modelo campeão na disputa pelo posto de melhor SUV híbrido chinês do Brasil levou vantagem em acabamento, autonomia, dirigibilidade e custo-benefício.

O Haval H6 GT, da GWM, saiu-se melhor no design e, principalmente, no desempenho. O que ficou claro após a “luta”, porém, é que ambos os SUVs híbridos chineses são excelentes opções de compra.

É importante pontuar, porém, que a diferença de preço entre eles, de quase R$ 100 mil, se resume praticamente à diferença de potência dos modelos. A pergunta que só você pode responder é se vale pagar o preço para ter 158cv a mais para andar em vias lotadas de radares.

E aí: concorda com o resultado do duelo? Comente conosco em nossas redes sociais qual dos SUVs, para você, é o melhor híbrido chinês.

Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Divulgação/BYD e Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech)
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT
Comparativo BYD Song Plus DM-i x GWM Haval H6 GT (Paulo Amaral/Canaltech e Divulgação/BYD)

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:





TucanoWeb – Especialista em Soluções Web: Sites à partir de R$299

TucanoCloud – Especialista em Hospedagens: 30 Dias Grátis

SitesProntosBR – Venda de Sites Prontos e Scripts: À partir de R$49

Cursos de Programação Grátis com Certificado – Digital Innovation One: Gratuito e 100% Online



Tags: hospedagem barata, hospedagem de sites wordpress, hospedagem de sites, hospedagem vps barata, servidores dedicados, hospedagem de sites barata, criação de sites, criação de sites barata, criação de sites em wordpress, wordpress, sites wordpress, certificado ssl, manutenção de sites, loja online, criação de loja online, criação de loja online barata, hospedagem nacional, servidor vps nacional, servidores vps, vender site online, vender script online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *